U.S. Edition
Search
CNN.com Home Page -
CNN MULTICHOICE AFRICAN JOURNALIST AWARDS 2009
HOME
INTRODUCTION
COLLECTION POINTS
CATEGORIES
RULES OF ENTRY
PRIZES

FREE PRESS AFRICA NOMINATION FORM

ENGLISH ENTRY FORM
FRENCH ENTRY FORM
PORTUGUESE ENTRY FORM

PRESS RELEASES
1995 - 2008 Finalists and Winners


CNN e MultiChoice reúnem esforços para a 10.ª edição do prémio "Jornalista Africano Do Ano"

Concurso ampliado de forma a incluir os países africanos lusófonos

24 de Janeiro de 2005

A CNN e a MultiChoice Africa, dois dos nomes mais respeitados da comunicação social no continente africano, juntaram-se para lançar o prémio "Jornalista Africano do Ano CNN 2005". O prémio anual, agora no seu 10.º ano em que honra o jornalismo africano, será conhecido como "PRÉMIO JORNALISTA AFRICANO CNN MULTICHOICE".

Tendo, desde o início do concurso, galardoado mais de 100 jornalistas reconhecidos pelas suas reportagens de alta qualidade, o concurso tem servido de exemplo para uma iniciativa da CNN no sentido de lançar concursos semelhantes em todo o mundo, demonstrando dessa forma o seu empenho para com a comunidade jornalística.

Para assinalar o 10.º aniversário do concurso Jornalista Africano do Ano da CNN, a CNN anunciou também a introdução de uma categoria Notícias Gerais Lusófonas, ampliando o concurso de forma a incluir inscrições em português provenientes de Angola, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe.

Chris Cramer, Director-Geral da CNN International afirmou que "o 10.º aniversário do concurso coincide com a celebração dos 25 anos da CNN como um dos canais de notícias pioneiros no mundo. A CNN incentiva, promove e reconhece a excelência no jornalismo, a todos os níveis, e está particularmente satisfeita por poder apoiar jornalistas que representam o nosso futuro, numa altura em que a independência e a integridade dos meios de comunicação social nunca foi tão importante. Estamos encantados por reunirmos esforços com a MultiChoice, que tem uma forte presença em toda a África. Facultarão os conhecimentos locais e o apoio logístico necessário para suster o crescimento contínuo e a visibilidade do evento nesse continente".

Ian Tennant, Director Executivo da MultiChoice Africa, afirmou que "a MultiChoice Africa está excepcionalmente orgulhosa por trabalhar em parceria com a CNN com vista a ampliar os prémios nesta fase. A nossa parceria com a CNN teve início há quase uma década, quando lançámos pela primeira vez a DStv em 1995. A CNN foi um dos nossos canais iniciais e cresceu connosco, tendo continuado a ser um componente essencial em matéria de notícias e informação do nosso pacote DStv. A MultiChoice está disponível em pouco menos de 50 países do continente e nas ilhas adjacentes do Oceano Índico e a CNN continua a dar aos nossos assinantes notícias exactas e incisivas de todo o mundo. A parceria para o Prémio do Jornalista Africano do Ano da CNN é, consequentemente, uma progressão natural da relação e dará reconhecimento a jornalistas africanos de relevo cujo incansável trabalho e busca pela verdade poderão, de outra forma, não receber o reconhecimento que merecem".

Para além do seu crescente portfólio de concursos de jornalismo na Coreia, na Índia/Paquistão e na Alemanha, a CNN anunciou recentemente a criação de um fundo a três anos, a iniciar em 2005, no Centro de Formação da Fundação Mohamed Amin. Com sede em Nairobi, o fundo faculta uma bolsa anual ao Centro, fundado em honra do operador de câmara e produtor galardoado Mohamed Amin, já falecido.

Uma iniciativa de Edward Boateng, na altura funcionário da Turner Broadcasting (empresa-mãe da CNN) e actualmente Director-Geral da Global Media Alliance e conselheiro sénior do Turner Broadcasting System, o concurso Jornalista Africano do Ano da CNN foi lançado em 1995, com o objectivo principal de incentivar, promover e reconhecer a excelência no jornalismo africano. A trabalhar em conjunto com Edward Boateng no lançamento do primeiro concurso estiveram Gary Streiker, na altura chefe do gabinete da CNN em Nairobi, o falecido Esom Alintah, na altura Secretário-Geral da Mesa-Redonda de Empresários Africanos (African Business Roundtable - ABR) e o falecido Mohamed Amin.

A CNN também está empenhada em apoiar o Rory Peck Trust no Reino Unido e o International News Safety Institute (INSI). Este ano, a CNN está igualmente a lançar uma parceira com a Danmarks Journalisthögskole, a principal escola de jornalismo na Dinamarca, com vista a proporcionar formação para jovens estudantes de jornalismo.

A CNN tem uma grande presença em termos de recolha de notícias em todo o continente. O serviço da CNN International para África/Médio Oriente/Europa está disponível em 15 milhões de lares em África e dispõe de mais de 50 horas de nova programação produzida especificamente para a região.

Pode encontrar mais informações sobre o Concurso Jornalista Africano do Ano da CNN em www.cnn.com.africa/africanawards

Contacto: Seema Alibhai +44 207 693 0940 seema.alibhai@turner.com

Acerca da MultiChoice Africa

A MultiChoice Africa Limited é uma plataforma de televisão com vários canais que inclui canais de África, da América, da Ásia e da Europa. Através do seu pacote principal DStv, proporciona óptimo entretenimento televisivo a assinantes em 49 países do continente africano e nas ilhas adjacentes do Oceano Índico.

Entre as suas operações encontram-se os serviços de gestão de assinantes e a gestão de uma plataforma de televisão via satélite digital que fornece o excelente pacote DStv, que é composto por uma vasta selecção de canais de vídeo e áudio emitidos 24 horas por dia. Além disso, existe uma série de pacotes DStv de idioma específico, incluindo francês, indiano e português, para se adaptar à diversidade de culturas do continente africano.

A MultiChoice Africa opera a partir de três satélites sobre África, incluindo o satélite de banda C Pas 10, que cobre toda a África, o satélite de banda KU Eutelsat W4, cuja cobertura vai do Senegal, na África Ocidental, até às ilhas Maurícias, na África Oriental, e o satélite de banda KU Pas 7 que cobre a África Austral.

Ao introduzir uma plataforma tecnológica dinâmica e ao criar uma gama excelente de pacotes, construída em torno de canais noticiosos atraentes, bem como de canais excelentes de cinema e de desporto, a MultiChoice Africa conseguiu dar uma mais-valia significativa aos assinantes e consumidores de televisão.

A MultiChoice Africa Limited é uma empresa registada com sede nas ilhas Maurícias e é filial a 100% do Naspers Group, que está cotado na Bolsa de Joanesburgo e no NASDAQ.

CONTACTO: Caroline Creasy + 27 11 289 3081 ccreasy@multichoice.co.za

CNN U.S.
CNN TV E-mail Services CNN Mobile CNNAvantGo Ad Info About Us Preferences
Search
© 2007 Cable News Network LP, LLLP.
A Time Warner Company. All Rights Reserved.
Terms under which this service is provided to you.
Read our privacy guidelines. Contact us. Site Map.
Offsite Icon External sites open in new window; not endorsed by CNN.com
Pipeline Icon Pay service with live and archived video. Learn more
Radio News Icon Download audio news  |  RSS Feed Add RSS headlines